Entrar // Sobre // Equipe /
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

terça-feira, 24 de março de 2009

Derrame de Café

Walter Rodrigues
O café derrama-se sobre a alma
intacta de evasão.
Pétalas de rosas ao vento.
Café fresco.
Suspenso.
Mente vaga.
Alma presa.
Café crepusculado, absorvente
de angustias desmedidas.
Abrolhos que se destacam.
Absorção letárgica,
líquido que se esvai.
Xícara vazia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Versos Rascunhos agradece sua visita. Volte outras vezes.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...