Entrar // Sobre // Equipe /
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Olhos Refúgios



Eu pronuncio  teu nome,
nesta noite escura,
e teu nome  me soa
mais distante que  nunca.
Mais distante que as estrelas
e mais dolente que a  mansa chuva. 
(García Lorca)
-->

Quando a noite mais escura fugiu da paixão do dia mais claro,
ela se refugiou em seus olhos.
E assim, todo mistério fascinante que a noite exala nos espíritos mais ousados,
em seus olhos ficou guardado.
Aventurar-se nesses olhos de noite escura é irresponsável e perigoso.
O primeiro passo é um risco tão imenso quanto o seguinte.
Como avançar sobre terreno tão impreciso?
Como manter-se imóvel diante desse mistério?
Queremos avançar, descobrir o segredo dessa noite mais escura refugiada em seus olhos.
Mesmo que no final dessa empreitada insana a escuridão desses olhos refúgios
nos envolva e nos perca; nos acolha e nos dispersa.
Pois quando a noite mais escura fugiu da paixão do dia mais claro,
ela se refugiou em seus olhos e lá permaneceu. 
(Walter Rodrigues, 2011)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Versos Rascunhos agradece sua visita. Volte outras vezes.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...