Entrar // Sobre // Equipe /
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

terça-feira, 7 de junho de 2011

Programa da Faculdade de Geografia e Cartografia realiza oficinas em Resex Marinha do Pará


 


É com imensa satisfação que posto esta notícia hoje por aqui. Trata-se do Programa Educação Ambiental nas Reservas Extrativistas Marinhas de São João da Ponta e Mãe Grande de Curuçá, coordenação Profª Drª Márcia Aparecida da Silva Pimentel,  vinculado à Faculdade de Geografia e Cartografia da Universidade Federal do Pará (UFPA), do qual, atualmente, eu faço parte através do Grupo de Estudos Paisagem e Planejamento Ambiental – GEPPAM (PROEXT-UFPA-2010), coordenação Profª Drª Márcia Aparecida da Silva Pimentel, como bolsista estagiário do PROEXT-MEC, 2010. Estarei de viagem para o local a partir de quinta-feira. No mais, segue a notícia na integra extraída do site da UniversidadeFederal do Pará – UFPA. 

Programa da Faculdade de Geografia e Cartografia realiza oficinas em Resex Marinha do Pará

 por Dilermando Gadelha*

 


O Programa Educação Ambiental nas Reservas Extrativistas Marinhas de São João da Ponta e Mãe Grande de Curuçá, vinculado à Faculdade de Geografia e Cartografia da Universidade Federal do Pará (UFPA), realiza, nos próximos dias 10 e 11 de junho, o conjunto de oficinas Entre Marés, Compartilhando Saberes. O evento é voltado para professores e alunos de São João da Ponta, município da região nordeste do Pará. Os interessados em participar poderão se inscrever na Sede do Município.

A programação do evento será dividida em duas modalidades. A primeira, voltada para os professores do ensino básico do município, irá capacitá-los para uso de notebooks em sala de aula, a elaboração de projetos interdisciplinares e a alfabetização cartográfica. Já a segunda é para os alunos do ensino fundamental, com o tema Meio Ambiente. As oficinas acontecerão na sede municipal e em dez comunidades da zona rural.

As oficinas serão ministradas por professores de Geografia da UFPA, alunos de Graduação e Pós-Graduação em Geografia, alunos da Graduação de Turismo, Associação dos Usuários da Resex de São João da Ponta (Mocajuim), equipe de gestão local do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), Prefeitura Municipal de São João da Ponta e a equipe do Programa Um Computador por Aluno (UCA/UFPA).

De acordo com a professora Márcia Pimentel, da Faculdade de Geografia e Cartografia, o Programa é uma oportunidade para que os alunos da UFPA extrapolem os muros da Universidade. “Ele possibilita a aproximação da Universidade com as diversas realidades amazônicas, a partir da extensão. Isso é fundamental não apenas para o desenvolvimento de pesquisas, mas também para garantir o respeito pela cultura das populações locais”, afirma.

    
Histórico – O Programa Educação Ambiental nas Reservas Extrativistas Marinhas de São João da Ponta e Mãe Grande de Curuçá iniciou em 2010, a partir de uma visita que a professora Márcia Pimentel fez às reservas.

“Fui convidada para participar da reunião do Conselho Deliberativo da Associação dos Usuários da Resex de São João da Ponta (Mocajuim) e, na ocasião, levei alguns alunos da graduação e pós-graduação que estavam sob a minha orientação, em monografias e dissertação. Conhecemos as demandas dos pescadores sobre questões ambientais, como o problema com o descarte incorreto de resíduos sólidos, principalmente de garrafas PET, o desmatamento das cabeceiras dos igarapés e o processo de assoreamento destes”, explica a professora Márcia, que também é coordenadora do Programa.

Na visita, os pescadores solicitaram a contribuição da Faculdade de Geografia e Cartografia nas discussões dos problemas relatados. Então, a professora Márcia, juntamente com sua equipe, iniciou um trabalho gradativo de oficinas e palestras na Resex. As atividades realizadas pelo Programa deram origem a seis Trabalhos de Conclusão de Curso na FGC, cujas temáticas atendiam as demandas da Associação Mocajuim. Em 2010, o Programa foi selecionado e contemplado pelo Edital Proext do Ministério da Educação (Mec), com recursos para 2011. Dessa forma, foi possível incluir a participação de outros professores da UFPA.

Segundo a professora Márcia Pimentel, “de forma gradativa, o Programa está atendendo, neste momento, as comunidades ribeirinhas localizadas na bacia do rio Mocajuba e do rio Mojuim, em São João da Ponta. As oficinas que realizamos com os pescadores, agentes ambientais da Associação Mocajuim, provocaram o debate sobre sociedade e natureza, sobre população tradicional e meio ambiente, sobre valorização do saber local.”

Perspectivas – O Programa atende hoje 18 comunidades da Resex de São João da Ponta, mas a intenção é que, a partir do segundo semestre, a Reserva de Mãe Grande, em Curuçá, também seja beneficiada pelas oficinas e palestras.

“É importante ressaltar que toda programação das atividades é planejada com os pescadores da Associação e com a equipe do ICMbio. Nossa intenção, para o próximo semestre, é estender o Programa para a Resex Mãe Grande de Curuçá, dar continuidade às oficinas abrangendo outras faixas etárias das comunidades, fazer o levantamento de campo para elaboração de bancos de dados e de material cartográfico para apoio ao planejamento das atividades das Resex, realizar o mapeamento de trilhas interpretativas como recurso para educação ambienta e ampliar a participação dos alunos de Geografia”, enumera a professora Márcia. Além dessas metas, o Programa realizará, em 2012, uma programação voltada especialmente para as mulheres, chamada Capacitação de mulheres das Resex Marinhas de São João da Ponta e Mãe Grande, Curuçá, Pará, em agentes ambientais.

Outro desdobramento do Projeto foi a vinda, no ano passado, de um grupo de pescadores da Resex São João da Ponta à UFPA. “Organizamos um evento com o nome História de Pescador, que foi realizado em uma tarde no Auditório Setorial Básico I. Neste dia, eles narraram sobre o processo de criação da Resex e de suas outras conquistas, terminando com a apresentação de carimbó, com características daquele lugar”, finaliza a professora.

__________________________
*Assessoria de Comunicação da UFPA




PROGRAMAÇÃO
                                                                                                                         
REALIZAÇÃO: ASSOCIAÇÃO USUÁRIOS DA RESERVA EXTRATIVISTA MARINHA DE SÃO JOÃO DA PONTA (MOCAJUIM)
APOIO: Faculdade de Geografia e Cartografia/UFPA (PROEXT 2010), ICMBio  (Equipe de Gestão da Resex de São João da Ponta), Prefeitura Municipal de São João da Ponta, Secretaria de Educação e Cultura, Secretaria do Meio Ambiente, PROUCA.

PROGRAMAÇÃO:
Dia 10 de junho (sexta-feira)

ABERTURA
Horário: às 15 horas
Abertura: Associação dos Usuários da Resex de São João da Ponta, Faculdade de Geografia e Cartografia/UFPA (PROEXT 2010) ICMbio (Equipe de Gestão da Resex de São João da Ponta), Prefeitura Municipal de São João da Ponta, Secretaria de Educação e Cultura, SEMMA, Faculdade de Geografia e Cartografia.

Oficinas nas escolas da Sede do Município
Para professores da rede municipal e estadual:
Horário: das 16:00h  às 19:00h

Ø  Oficina 1: O uso do leptop educacional como recurso pedagógico
Vagas: 25
Ministrante: NTE, UCA/UFPA
Ø  Oficina 2:  Elaboração de projetos interdisciplinares
Vagas:25
Equipe: Faculdade de Geografia e Cartografia
Ministrante profª Carmena França
Apoio: Viviane
 
Ø  Oficina 3: Alfabetização Cartográfica  
Vagas: 25
Equipe: PROEX-UFPA (Prof. Walter)
Apoio: alunas de turismo

Para os alunos da Sede Municipal Horário da 15:00
Ø  Oficina 4- Onde está o Manguezal? (para alunos do 8º e 9º anos)
Vagas: 40
Objetivo: Trabalhar a percepção dos alunos sobre a Resex. Explorar os elementos da cartografia.
Equipe: Sr. Domingos (Agente Ambiental) e FGC
Ministrantes: Carlos; Daniel Sombra; Indiara; Nayrana
Apoio: Welington

Ø  Oficina 5- Aquilo deu nisso. (para alunos  de 6º e 7º ano)
Vagas: 40
Objetivo: Transformar garrafas Pet em outros objetos, ao mesmo tempo, discutir questões ambientais da cidade.
Equipe: Sr. João do PT (Agente Ambiental) e FGC
Ministrantes: Wellingtton 2; Walter; Ana Paula
Apoio: não precisa

Ø  Oficina 6- Meu mundo é... ( para os alunos do  4º e 5º ano)
Vagas: 40
Objetivo: Compreender a visão de mundo dos alunos através de imagens e sons, expressões corporais e desenhos.
Ministrantes: Amanda; Roberta Tabila e Elexandre
Luis Henrique; marco Antonio
Equipe: Sr. João Lima (Agente Ambiental) e FGC
Apoio:

Ø  Oficina 7- Se correr o bicho corre ( para alunos do 1º, 2º e 3º anos)
Vagas: 40
Objetivo: Valorizar a cultura popular que envolve as histórias sobre a fauna e flora do mangue e terra firme.
Equipe: Sr. Curió (Agente Ambiental) e FGC
Ministrante: Leandro; Adriane; Jr; France Jane
Apoio:

Ø  Oficina 8- Se correr o bicho corre ( para as crianças de Jacarequara)
Objetivo: Valorizar a cultura popular que envolve as histórias sobre a fauna e flora do mangue e terra firme.
Equipe: Agentes Ambientais e FGC
Ministrante: bloco de 2011
Apoio:

À NOITE
Sessão de Cinema: 21:00h
 SECULT
 Dia 11 de junho (sábado) 

Horário: 8:00h às 11:00h
NA SEDE DO MUNICÍPIO
Oficina 1:  Elaboração de projetos interdisciplinares
Vagas: 25
Equipe: Faculdade de Geografia e Cartografia
Ministrante:
Apoio:

Oficina 2: Alfabetização Cartográfica 
Vagas: 25
Equipe: PROEX-UFPA (Prof. Walter)
Ministrante:
Apoio: Viviane


OFICINAS NAS COMUNIDADES

Público Alvo: crianças das escolas municipais

1.       Açu :  Agentes Ambientais e FGC
- Agentes: Afonso, Elivaldo, Fidel
Ministrante: Adriane; Romilson; Jr (PET)
Apoio: Leandro

2.       2- Monte Alegre: Agentes Ambientais e FGC
- Agente: Elson
Ministrante: Maria Alice e Socorro (PARFOR)
Apoio: Elexandre

3.       3-Coqueiro: Agentes Ambientais e FGC
              - Agente: Vilma
Ministrante: Fidelis;
Apoio: Wanderson

4.       4-Bonfim: Agentes Ambientais e FGC
   -Agentes: Jossinei e Rosalino
Ministrante: Nayrana; Joana; Tamires;
Apoio: Amanda

5.       5-Deolândia, Novo Horizonte e Brasilândia: Agentes Ambientais e FGC
   - Agentes: Sr. Lázaro, Luciano, Raimundinho...
Ministrante: Carlos Daniel Indiara
Apoio: Welington

6.       6. Guarajuba e Guarajubinha e São Domingos: Agentes Ambientais e FGC
-Agentes: Mocajuim
Ministrante: Wellingtton; Walter; Ana Paula
Apoio: Madson-PAPIN

7.       7. Porto Grande, Baunilha e Santana: Agentes Ambientais e FGC (e turma 2011)
- Agentes: Paulo, Raimunda, Lero  
Ministrante: Flavia; Erivelton; Felipe; Helio; Natalia; Mayara; Stalin; Ana Carolina; Antonio; Alex; Marcio; Mailson
 Apoio: Roberta

8.       8. Santa Clara: Agentes Ambientais e FGC
                - Agente: Maria José
Ministrante: turma do Turismo
Apoio: Hemerson

9.       9. São Francisco: Agentes Ambientais e FGC
              -Agentes: Elma, Lazinho, Noemi, Manuel Edinelson
Ministrante: Ana Luiza; Luiz Henrique; Marcos Antonio
Apoio: Tabilla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Versos Rascunhos agradece sua visita. Volte outras vezes.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...